segunda-feira, 10 de maio de 2010

SINDICATO FILIADO A CUT FICA DE JOELHOS EM MESA DE NEGOCIAÇÃO DA CAMPANHA SALARIAL 2010/2011 .

   Em  pleno  ano eleitoral onde tudo favorece os trabalhadores  pela súbita  "sensibilidade" que abrange a classe política,o Sindurb sindicato filiado a CUT demonstra uma "fraqueza" inexplicável tendo em vista a forma  de submissão com a qual  se apresenta para negociar  com os representantes da  Compesa.
   Bem que poderia-mos  elogiar  os representantes da Compesa pela forma exuberante  na defeza dos interesses da empresa e logicamente em detrimento dos direitos dos trabalhadores que são NEGADOS de forma taxativa,porém  não poderemos  fazer este elogio dado a circunstância dos acontecimentos,pois  enfrentar esta diretoria atual do Sindurb não tem sido, pela Compesa ,uma tarefa muito DIFÍCIL.
   Nas mesas de negociações (pelo menos as que houveram até o momento)a Compesa  falou e os representantes do sindicato  apenas concordaram(é literalmente um jogo de cartas marcadas),mais parece um teatro  ou um jogo de futebol onde o árbitro(o sindicato), já entra em campo com o resultado no bolso,e o time da empresa sempre sai vencedor.
   Um exemplo claro deste comprometimento do sindicato (filiado a CUT) com a Compesa, aconteceu  no último dia 06/05 quando  os representantes da empresa "NEGARAM" todas as cláusulas que trariam avanços para os trabalhadores inclusive a cláusula 61 que trata do assunto da ESTABILIDADE NO EMPREGO.Seria sem dúvidas um avanço para todos os compesianos(as) que apartir deste ACT não teriam mais medo de retaliações ,perseguições,humilhações ,sabendo que demissões apenas ocorreriam por "JUSTA CAUSA" e nada mais. Traria segurança para todos os trabalhadores(as)  que certamente os(as)fariam mais  "PRODUTIVOS" para o bem da  "NOSSA" empresa, porém a forma "RETRÓGRADA" com a qual é dirigida "NOSSA" empresa e com o aval da atual gestão do Sindurb,deixa claro  que não há "COMPROMETIMENTO"algum  destes atores diretamente relacionados ao sombrio destino que aguarda NOSSA querida Compesa..
   A  "ÚNICA"  ferramente utilizável pelos trabalhadores nas mesas de negociações com poder de  devolver a JUSTIÇA  aos patameres aceitaveis,é a "GREVE".É esta sem dúvida alguma ,a única LINGUAGEM  entendível pelos diretores de qualquer empresa,porém,esperar desta atual  gestão do Sindurb  atitude equivalente, é QUERER MUITO.
    COMPESIANOS(AS), todos estão convidados a,  pela segunda  vez, participarem de protestos contra o sindicato (filiado a CUT,diga-se de passagem)e contra  a direção retrógrada e destrutiva da NOSSA EMPRESA . Retrógrada e destrutiva, pois empresa que não investe um centávo em seu maior patrimônio que  são os  seus trabalhadores,está fadada à extinção por auto destruição,como uma família onde os pais não investe nos próprios filhos e sim , joga  todo seu patrimônio nos bolsos dos "amiguinhos"(empresas terceirizadas)tornando estes últimos, milionários sem nenhum esforço ou merecimento.
    Unam-se (todas as categorias compesiana),busquem  um consenso  sobre a melhor data,e acordem,pois estamos todos sendo prejudicados por falta de "REPRESENTATIVIDADE"sindical , onde a Compesa  agradece aos "deuses da injustiça" pelas "FACILIDADES" que está encontrando nestas mesas de negociações.
    Diretoria do Sindurb filiado a CUT  de joelhos em mesa de negociação,...que vergonha! Que vergonha!

 

4 comentários:

Anônimo disse...

Qual a surpresa nisso? Nos anos anteriores também nao foi assim?
Essa mesa de negociação não tem mais ninguem que possa bringar pelos compesianos além desses representantes comprados do sindurb?

Diário Compesiano disse...

No entanto companheiro(a),entre os meses de Julho e Setembro haverá eleição com duas chapas da CUT contra uma da CTB(Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil).
Será a chapa da situação(atual gestão)e da CONLUTAS ,ambas da CUT concorrendo contra a da CTB denominada "MUDE"(MOVIMENTO URBANITÁRIO DEMOCRÁTICO E ÉTICO)sendo apenas a da CTB que vem trazendo realmente uma proposta inovadora e de "RENOVAÇÃO" para todos os urbanítários e principalmente para os(as) compesianos(as).
Então ,participe deste momento político que é tão importante por envolver os assuntos do interesse de todos nós.
Pense nisto,Deus nos abençoe,e vamos à luta!

João Baptista disse...

Caro amigo Crente,

CUT ou CTB, no final todos tem seu preço: uns mais caros outros baratos que nem quenga véia!

A única saída seria o desligamento da SINDURB e a formação de um sindicato próprio COMPESIANO, se, direito a reeleição.

Para comprar os trabalhadores hoje em dia, basta comprar o presidente do sidicato.

Diário Compesiano disse...

João Baptista,com um nome deste,e tão incrédulo.
Uma contradição ,no entanto,se observa em teu comentário:
-Como é que com quatro mil compesianos(as), apenas duzentos guerreiros(as)se apresentam para a luta pelos próprios direitos,coisa que pelo menos mais de três mil e setecentos se escondem e se submetem a escravidão de forma passiva,e tú João querendo criar um novo sindicato???
Onde encontrarás quorum para esta empeleitada companheiro?
Tú estás brincando,não é verdade?

DIÁRIO COMPESIANO

Minha foto

SOU SIMPLES, REALISTA, CURTO E DIRETO. DETESTO ENROLADAS, NÃO SUPORTO MENTIRAS. PREFIRO ME APROXIMAR DOS QUE SINCERAMENTE ME ODEIAM, DOS QUE SE DIZENDO MEUS AMIGOS, AGEM COM SAFADEZA.

ASSIM DIZ O SENHOR JESUS CRISTO:

Josué 1:9 Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares.