sexta-feira, 8 de abril de 2011

COMPESA:   EM QUESTÃO, "COMSAÚDE" O PLANO MÉDICO ASSISTENCIAL DOS COMPESIANOS.

Sheylla Febe(Téc. de Segurança do Trabalho) QUESTIONA:
Companheiros, em um esclarecimento fornecido pela companheira Eliane de Petrolina (conselho de saúde), quando lhe perguntei sobre os lucros exorbitantes do plano de saúde,fui informada que os quatro milhões são uma exigência da ANS (“Agência nacional de saúde). Que determina que deve haver, uma reserva de capital em conta corrente para todos os planos de saúde. Ainda assim, a mesma me informou que o nosso plano não funciona de forma regular, como determina essa agência, e que  a mesma é tão burocrática que não permite sequer fazer perguntas por telefone. Deve-se agendar com a pessoa responsável na ANS, e informar a pergunta. Se tiver outra  pergunta à ser feita,deve realizar outra agenda. Porque nosso diretor de benefício não esclarece a verdade nua? Porque nós como associados não temos as informações devidas? Devemos nos questionar: a pessoa que temos votado tem realmente nos representado? Tem defendido nossos direitos? Tem nos esclarecido devidamente? Daqui há algum tempo teremos eleições. Nessa época todo mundo é bonzinho, nem sei se vale a pena votar em alguém. Márcio - diretor atual é muito educado e atende o que é possível (determinado pelo plano). Porém precisamos de alguém mais aguerrido, que represente de fato os compesianos, pela ampliação do serviço, e sua qualidade. Que nos informe a realidade e nos esclareça o que está obscuro. Márcio Rocha teve oportunidade de esclarecer sobre esses 4 milhões, mas não esclareceu sobre a exigência da reserva de capital pela agência reguladora.

 Márcio Rocha (Atual Diretor de Benefícios da Comprev/Comsaúde)responde:

Amigo Sérgio, bom dia!
Peço desculpas por não ter respondido antes, as dúvidas com relação ao montante de mais de quatro milhões, que temos aplicados como reservas garantidoras para o funcionamento do Comsaúde, exigência da Agencia Nacional de Saúde Suplementar-ANS.
Com relação às reservas mencionadas acima, informo:
a) O dinheiro estar aplicado em Títulos do Tesouro Nacional, no Banco Itaú, em conta especifica, com controle da ANS.
b) Este dinheiro não pode ser usado para melhorar benefícios para o plano de Saúde, nem para diminuir participação das partes nas mensalidades.
c) As reservas garantidoras só poderá ser usado para liquidação do Plano de Saúde, e como prioridade para pagamentos de impostos e Rede Credenciada.
Segue anexo arquivo retirado do site da ANS, com toda a Regulamentação e duvidas frequentes.
http://www.ans.gov.br/portal/site/perfil_operadoras/GarantiasFinanceiras.asp
Me coloco a disposição para esclarecimentos adicionais e se for do interesse de vocês poderemos marcar uma reunião para tratar desse assunto ou outros que vocês venham a propor. Coloco como opção o auditório da Comprev (acomoda bem 30 pessoas).
Obs: Embora não seja candidato a reeleição, acho importante discutir a próxima eleição, já que foi uma conquista dos Trabalhadores a indicação (através do voto) do Diretor de Benefícios da Comprev.



NOTA DO DIÁRIO COMPESIANO: As normas que regem o estatuto  de gestão da Comprev/Comsaúde, não facilitam nem concedem idoneidade ao diretor do órgão que é eleito pelos trabalhadores associados.A intervenção direta da empresa,assim como a conivência do Sindurb(que deveria ser atuante em defesa dos compesianos),não deixa transparecer confiabilidade nas ações administrativas do órgão.As pessoas eleitas pelos trabalhadores, para ser o representante no cargo de Diretor de Benefícios da Comprev/Comsaúde tem poder apenas para gerir a entidade,mas não tem nenhum poder para adaptar o plano de benefícios a realidade dos associados,que aqui entre nós,é a pior dentre os trabalhadores de saneamento do Brasil.Existem casos de trabalhador gastando mais da metade de suas remunerações apenas para pagar o plano de saúde. Diante deste fato,nós que fazemos o Diário Compesiano,só lamentamos  a incompreensão e a insensibilidade por parte da Diretoria da Compesa que deveria arcar com pelo menos 80% do custo.E não apenas esta suposta contribuição de apenas 50%.É uma vergonha a negação da saúde aos trabalhadores por parte da nossa empresa.Os compesianos estão doentes física e financeiramente. COMPESA ,NEM SAÚDE PODEMOS TER. 

Nenhum comentário:

DIÁRIO COMPESIANO

Minha foto

SOU SIMPLES, REALISTA, CURTO E DIRETO. DETESTO ENROLADAS, NÃO SUPORTO MENTIRAS. PREFIRO ME APROXIMAR DOS QUE SINCERAMENTE ME ODEIAM, DOS QUE SE DIZENDO MEUS AMIGOS, AGEM COM SAFADEZA.

ASSIM DIZ O SENHOR JESUS CRISTO:

Josué 1:9 Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares.